LANçADO: 2015
ARTISTA: Marcos Paiva
NúMERO DE DISCOS: 1
Choroso Vol.2

Em seu terceiro disco de carreira, o músico coloca de maneira inédita o contrabaixo dentro do universo do choro e, ao misturar o tradicional ritmo brasileiro ao jazz, apresenta um álbum singular, de sonoridade pulsante e forte.

O desejo de construir uma música improvisada baseada nas inflexões melódicas e rítmicas da cultura brasileira, mas que pudesse se abrir para harmonias jazzísticas e para um conceito mais universal, foi o ponto de partida do projeto Choroso, novo trabalho do contrabaixista e compositor Marcos Paiva.

Para criar o elo entre o choro e o jazz e uma nova linguagem no seu instrumento, pois tradicionalmente o contrabaixo não faz parte das formações tradicionais de choro, Marcos Paiva foi beber nos contrapontos melódicos de Pixinguinha – principalmente nas gravações memoráveis ao lado do flautista Benedito Lacerda. A partir dessa experiência, passou a desenvolver no contrabaixo suas próprias “baixarias”, como ficaram conhecidos esses mesmos contrapontos no violão.

Com o CD Choroso, o contrabaixista confirma o que vinha buscando desde o início de seus estudos: que existe um caminho generoso e promissor na mistura do choro com outras linguagens abertas e improvisadas. Segundo o crítico de música, Carlos Calado, que assina o encarte do álbum, “poucas vezes se ouviu, na história da música instrumental brasileira, choros soarem tão naturalmente jazzísticos. Ou, por outro lado, em raras ocasiões o jazz se aproximou de maneira tão íntima da linguagem do choro”.

Disco no Spotify: https://open.spotify.com/album/5yIhJtZuWSoh1BvPrHHUTs?si=CppxemN9QDukxT8QKIL7eg

Deixe seu recado

CESAR ROVERSI © TODOS DIREITOS RESERVADOS.